Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Dormir pouco ativa gene da obesidade

Dormir tardeUm novo estudo da Universidade de Washington comprova que a obesidade, muitas vezes, pode não ter nada a ver com a preguiça. Na verdade, dormir pouco é que poderia causar o aumento de peso.

Segundo as descobertas científicas, se você dorme menos do que sete horas por noite, seus traços genéticos são afetados e seu organismo fica mais propenso ao aumento de peso. O metabolismo de açúcares, por exemplo, não é tão rápido e você pode sentir mudanças na sensação de saciedade após as refeições.

Leia mais:Dormir pouco ativa gene da obesidade

Exercitar-se antes do desjejum ajuda a perder mais peso

Você faz atividade física e tem uma dieta balanceada, mas quer perder mais peso? A solução pode ser se exercitar antes de saborear o café da manhã, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Glasgow, na Escócia. Os dados são do jornal Daily Mail. 

Para chegar a essa conclusão, os cientistas analisaram 10 homens. Na primeira visita ao laboratório, não fizeram qualquer tipo de exercício. Na segunda, realizaram caminhada de uma hora antes do café da manhã e, na terceira, suaram a camisa após a refeição matinal. 

Leia mais:Exercitar-se antes do desjejum ajuda a perder mais peso

Os riscos do consumo de energéticos

Mistura perigosa!Após cinco casos de mortes relacionadas ao consumo de energético, os Estados Unidos lançaram uma investigação sobre a segurança desse tipo de bebida. Embora esse produto garanta um bum de energia, ele possui uma grande quantidade de cafeína, açúcar e outros ingredientes que podem levar a sérios efeitos colaterais como insônia, aceleração ou irregularidade dos batimentos cardíacos, irritabilidade, agitação etc. O mesmo vale para pílulas de cafeína e outras substâncias que prometem energia imediata. Para saber quais os riscos desse das bebidas energéticas confira a lista organizada peloHuffignton Post.

Leia mais:Os riscos do consumo de energéticos

Dormir pouco aumenta risco de câncer de mama

Sono tranquiloA falta de sono está ligada ao aparecimento de câncer da mama mais agressivos, de acordo com uma investigação do University Hospitals Case Medical Center, nos EUA.

O estudo é o primeiro a mostrar essa associação, assim como a ligação com uma maior probabilidade de recidiva do câncer.

A equipa de investigação, liderada por Cheryl Thompson, analisou registos médicos e resultados de exames de 412 doentes na pós-menopausa com câncer da mama.Todas as doentes foram recrutadas no momento do diagnóstico e questionadas sobre a duração média do sono nos dois anos anteriores.

Leia mais:Dormir pouco aumenta risco de câncer de mama

Sedentarismo mata 5 milhões de pessoas por ano, diz estudo

A inatividade física aumenta o risco de muitos problemas de saúde, incluindo doenças do coração, diabetes tipo 2, câncer de mama e intestino, além de diminuir a expectativa de vida. 

Em um artigo publicado na revista médica Lancet 1, em 21 de julho de 2012, pesquisadores de um grupo de estudos sobre atividade física concluíram que, mundialmente, a inatividade física causa: 

Leia mais:Sedentarismo mata 5 milhões de pessoas por ano, diz estudo

Omega-3 podem reduzir mortalidade em cardíacos

Uma cápsula diária de ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 pode reduzir a mortalidade e as internações devido a doenças vasculares em pacientes com problemas cardíacos, enquanto as estatinas - usadas para combater o colesterol - quase não surtem efeito.

Esta foi a conclusão de dois estudos do Grupo Italiano para o Estudo da Sobrevivência na Insuficiência Cardíaca (Gissi, em italiano), dirigidos pelos professores Luigi Tavazzi e Gianni Tognoni, informa a revista médica "The Lancet".

Leia mais:Omega-3 podem reduzir mortalidade em cardíacos

Consumo de leite aumenta risco de câncer de próstata

Use alternativas mais saudáveis!Consumo de leite aumenta risco de câncer de próstata

Homens que consomem leite, mesmo desnatado, se deparam com aumento de risco de câncer de próstata, de acordo com dois novos estudos no American Journal of Epidemiology.

Um dos estudos investigou 82.483 homens, no qual 4.404 deles desenvolveram câncer de próstata ao longo de 8 anos. Este estudo não encontrou associação entre o risco de câncer de próstata e  o consumo de cálcio e vitamina D. Porém, o estudo encontrou uma associação entre o consumo de 1 copo  de leite, mesmo desnatado, por dia com o desenvolvimento do câncer de próstata.

Leia mais:Consumo de leite aumenta risco de câncer de próstata

Dormir mal pode desencadear diabetes

Sob controle!Pesquisadores americanos descobriram que uma proteína que regula o relógio biológico de mamíferos também está relacionada à síntese de glicose no fígado durante períodos de jejum prolongado. A descoberta, publicada na revista Nature Medicine, ajuda a entender a relação entre privação de sono e distúrbios metabólicos, como obesidade e diabete, abrindo caminho para novas estratégias terapêuticas.

Leia mais:Dormir mal pode desencadear diabetes

Você está aqui: Home ARTIGOS Saúde em foco