Erro
  • JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 43

Depressão

Reviva!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alerta que até 2020 a depressão será a 2ª colocada entre as principais causas de incapacidade para o trabalho no mundo. Estima-se que 340 milhões de pessoas sofrem de depressão no mundo, e cerca de 850 mil suicídios/ano são provocados por ela. No Brasil, são aproximadamente 17 milhões de pessoas, sendo que 75% nunca receberam um tratamento adequado.1     

Depressão é diferente de tristeza e infelicidade. Também não é preguiça, falta de fé ou força de vontade. A depressão é uma desordem afetiva, em que a pessoa sente uma persistente tristeza ou vazio, perda de interesse pela vida, sentimentos de culpa ou desvalor, dificuldade de concentração e memória, diminuição da energia, podendo apresentar inclusive ideias suicidas quando parece não mais haver saída ou esperança de melhora. Alterações cerebrais podem ser vistas em exames de imagem, como a PET Scan, que evidencia diminuição da atividade do lobo frontal do cérebro.

Livre da Depressão!

Existem muitos fatores que podem contribuir para o surgimento da depressão, por exemplo: estilo de vida inadequado, deficiência de vitaminas, predisposição genética, alterações hormonais, divórcio e outros problemas conjugais, sentimento de abandono, morte de um ente querido, traumas e abusos, estresse, vícios e doenças físicas como o hipotireoidismo.

A primeira opção de tratamento que as pessoas buscam são os medicamentos antidepressivos. Em geral, esses medicamentos apresentam efeitos adversos e não resolvem o problema em todos os casos. Os medicamentos diminuem os sintomas depressivos, mas na verdade não curam o problema. Menos de 20% das pessoas que tomam antidepressivos se dizem curadas durante o tratamento, e 25 a 30% delas não melhoram com medicação nenhuma.2

Não importa quais forem as causas, a depressão tem solução. Porém, muitas vezes o segredo não está na farmácia ou no médico, mas numa maneira diferente de pensar e viver, na adoção de um estilo de vida saudável, na correção de pensamentos distorcidos e na resolução das causas e conflitos.

Os oito princípios de saúde seguidos pelo programa da Clínica vão ajudá-lo a  sair da depressão e fortalecer o lobo frontal do cérebro. Estudos têm mostrado que a dieta vegetariana melhora a depressão, diminui a ansiedade, reduz o estresse e ainda promove relacionamentos interpessoais mais saudáveis.3 Além da dieta, exercício físico e abstinência de cafeína, álcool e cigarro também contribuem para a cura. As massagens e os tratamentos hidroterápicos contribuem para a melhora da circulação e produção de endorfinas e serotonina.4 Também dispomos de plantas medicinais com propriedades antidepressivas, usadas a critério médico.

Procuramos ajudá-lo a cultivar pensamentos saudáveis. Ao reconhecer pensamentos distorcidos que influenciam negativamente seus sentimentos, você pode substituí-los pela verdade, provocando uma mudança do funcionamento cerebral. 

Acreditamos também que a depressão não é somente um assunto médico e psicológico, mas também espiritual. Por isso, confiamos em Deus e apostamos no aconselhamento espiritual como um pilar importante na cura da doença. 

 

Referências:

  1. OMS. “Depressão: a verdade dolorosa.” 2005.
  2. Nedley. Depression Recovery Program. Nedley Publishing. 2005
  3. Lifestyle Heart Trial.
  4. Field T., et tal. Cortisol decreases and serotonin and dopamine increase following massage therapy. Int J Neurosci. 2005 Oct;115(10):1397-413.
Você está aqui: Home PROGRAMAS Doenças que tratamos Depressão